As escolas japonesas e ocidentais de Reiki diferem num ponto central. Na escola ocidental, aprendemos que o Reiki é "inteligente" e que encontra o caminho às áreas do corpo mais necessitadas de tratamento. Claro que isso soa bem, mas é somente uma meia verdade. A outra face da moeda é que o corpo é passivo ao Reiki, e dá pistas para que o praticante saiba onde e como deva tocá-lo, O meio como isso acontece é chamado pelos praticantes do Reiki japonês de "Byosen".

 

A palavra "Byosen" é composta da união da palavra "byo", que significa doente ou tóxico, com a palavra "sen", que significa "caroço", e representa um distúrbio no fluxo de energia do corpo. Esta palavra só existe no Reiki.

 

Esse conceito é novo para muitos de nós e, por desempenhar um papel vital no Reiki japonês, é bom que seja explicado mais profundamente.

 

No grupo original do Usui Sensei, o Usui Reiki Ryoho Gakkai, a habilidade em detectar o Byosen era um pré-requisito para o estudante avançar ao Segundo Grau do Reiki. No sistema do Hayashi Sensei, sustentava-se que essa habilidade era absolutamente necessária no atendimento ao cliente para que seu corpo pudesse curar a si mesmo.

 

Para detectar o Byosen, coloque as mãos na posição GASSHO em frente ao coração e ore para que a energia flua através de você e chegue à parte do corpo que deve ser tratada. Se suas mãos se sentirem atraídas imediatamente a uma determinada parte do corpo, obedeça. Se isso não acontece, coloque a mão dominante sobre o chakra da coroa do paciente e sintonize-se com ele. Se isso também não funciona, escaneie a parte frontal e dorsal do corpo com lentos movimentos descendentes.

 

Você poderá sentir em suas mãos um formigamento, uma sensação de calor, magnetismo ou pressão, ou saber simplesmente que encontrou o lugar correto. Pode ser que "veja" ou "escute" a parte correta do corpo. Não se preocupe se isto soa como loucura. Seja apenas o mais consciente possível. Quando tocar a parte do corpo que parece a correta, poderá experimentar uma sensação desagradável em uma ou ambas as mãos. Esta sensação pode subir pelo braço e às vezes ao ombro. Não tire as mãos. Apenas tolere a sensação e espere que ela desça pelo seu braço e saia pelas mãos.

 

O Byosen é percebido por uma das seguintes maneiras:

 

. Calor ligeiramente mais intenso que a temperatura normal do corpo - (On-Netsu)

. Calor forte, bem mais intenso que a temperatura normal do corpo - (Atsui-On-Netsu)

. Formigamento, latejamento - (Piri-piri kan)

. Pulsação, vibração - (Hibiki)

. Dor, que pode subir pelo braço até o ombro ou frio - (Itami) Pode significar doença grave

 

Você poderá sentir uma ou mais das sensações acima mencionadas, mas elas não devem ser consideradas "ruins"; são simplesmente a maneira como o corpo do paciente diz ao praticante onde suas mãos são mais necessárias. Seja grato à sugestão.

 

É possível que a arte de sentir o Byosen tenha sido apagada da prática do Reiki ocidental pela Sra. Takata e por seus alunos, porque detectar o Byosen implica fazer um diagnóstico. Em muitos países, não é permitido que se façam diagnósticos médicos a não ser que se tenha uma licença de praticante. Se você é um praticante do Reiki não licenciado, pode vir a ter sérios problemas com a lei caso divida suas opiniões com o cliente. Por isso, se você chegar a um diagnóstico, mantenha-o para si mesmo, ou comunique-o de forma discreta. Esteja bem informado sobre as leis que regem a medicina onde você atua.

 

Se você sente que o seu paciente está gravemente enfermo, deve sugerir que ele consulte um médico. Mas cuidado com a maneira como você dá a informação. Se disser a um paciente que ele pode estar com um problema grave de coração, isso pode influir na piora do quadro. Dá para imaginar qual não seria o efeito quando o terapeuta diz ao paciente que o seu coração está em estado crítico. Um diagnóstico assim equivale a uma sentença de morte.

 

Quando tratamos de doenças graves, o Byosen pode ser sentido durante todo o tratamento, e até mesmo depois da sua conclusão. O melhor a fazer é trabalhar com as mãos na parte do corpo do paciente que demonstra o Byosen, mas isso nem sempre é possível. Trate a pessoa diariamente durante pelo menos uma hora, ou mais até, e busque, se puder, a ajuda de outros praticantes do Reiki. No caso de doenças que ameaçam a vida do paciente, muitas horas de Reiki por dia podem fazer uma sensível diferença. Suas mãos não precisam sequer se mover durante o tratamento. Se isso acontecer, permaneça com as mãos onde sente o Byosen, e volte à mesma área quando for ver o cliente de novo.

Newsletter

Assinar

Recebe nossas Novidades

Adquira nosso aplicativo

aplicativo

codigoQR.jpj

Copyright © 2008 - 2014- reikimawashi.com -Todos direitos reservados.